Venda de computadores com Linux esta cada vez maior

Hoje vamos abordar sobre a venda de computadores com Distribuições Linux. algo que vem aumentando no decorrer dos anos, com acordos formados viabilizando a chegada de maquinas no mercado com o sistema pinguim embutido, e para ilustrar tais questões, vamos a alguns exemplos.

Asus 

Podemos observar  o caso da Asus por exemplo, uma companhia que comercializou suas maquinas com sistema Ubuntu no mercado norte-americano. Através de uma parceria com a Canonical, a Asus embarcou notebooks com Ubuntu nos EUA pela loja online Amazon, levando por meio de links os usuários do site da Canonical para o Amazon.com, isso fez da Amazon em Setembro de 2013, top 100 de vendas online. Se tratando de um numero incrível, para meados de 2013, pois a cada ano que passa o Linux fica bem mais difundido para o usuário final. 

Dell

 
Analisando essa informação, foi uma esperança na época de que nos anos vindouros, viriam mais maquinas com Ubuntu de fabrica, inclusive para os territórios tupiniquins. Contudo me surpreende que em pleno 2019, quanto ao mercado brasileiro, a Asus fique tão atras da Dell nesse quesito. Pois a Dell já oferece diversos modelos com Linux ou com opção de escolha do sistema, a algum tempo no mercado nacional. E como constatei em maio de 2019 a Dell lançou pela sua loja online o modelo Dell Precision Workstation AIO 5720, que se trata de uma máquina com altíssimo desempenho, disponibilizando para o usuário a opção de escolha do sistema Operacional, sendo nesse caso entre Windows 10, Windows 7, Ubuntu 16.04 LTS ou Red Hat Enterprise Linux 7.3.
 
 
E essas máquinas que vêm com Ubuntu ou Red Hat de fábrica, possuem suporte das empresas quanto ao software. O que deixa a máquina com  custo menor para o consumidor, do que quando vem com o sistema da gigante de Redmond.  Inclusive quanto ao suporte da Canonical, chega a ser ate mais elogiado que o próprio suporte da Microsoft para usuários comuns (Apensar de terem estruturas bem diferentes entre si). Já o suporte da Red Hat, é bastante elogiado no meio corporativo, mas quando se trata de um usuário comum, não sei se a empresa mantem o mesmo padrão, mas espero que sim ( e se você tem alguma experiencia quanto ao atendimento de ambas empresas, pode deixar nos comentários que será bem vindo para agregar).

HP

Outra empresa que tem oferecido em seus computadores com Linux, é a HP, levando o Ubuntu embarcado em suas máquinas na Ìndia, China e México, chegando a ter cerca de 1.500 lojas com essa opção no território chinês. No México a HP possui uma parceria com a Loja Boudega Aurrera, uma subsidiária do Wall Mart, onde os consumidores têm a opção de escolher o Ubuntu como sistema nas compras online. Além disso os computadores com Ubuntu estão disponíveis em diversas outras lojas da região, tendo suas unidades esgotadas três vezes mais rápidas do que o previsto.
 
No Brasil a HP ja vendeu maquinas com Ubuntu no passado e atualmente possui uma parceria com a empresa Endless, para vender o modelo HP 240 com a distribuição Linux EndlessOS. Uma distribuição voltada para a integração digital.

Huawei

Mais uma empresa que entrou para o seleto grupo, e começou a vender suas máquinas com Linux foi a Huawei. Influenciada pela guerra comercial entre China x EUA, e após os diversos embargos que a empresa sofreu, sendo acusada de espionagem, tendo inclusive a prisão de uma alta executiva, quando a mesma fez uma escala de voo no Canada, devido também a acusação de desobedecer os embargos econômicos impostos pelos EUA ao Irã. Se já não bastesse quando os norte-americanos começaram a bloquear valores em contas de bancos americanos e a proibir suas empresas de fornecer seus produtos para a Huawei, a gigante chinesa se viu cercada, como no caso da proibição do Google em fornecer sua G-suite de apps para Android para os smartphones e da Microsoft em licenciar o Windows para seus computadores. Além disso também estavam cogitando a substituição da empresa na implantação do 5G, não contando mais com as antenas e tecnologias da empresa chinesa, passando a missão para a Sueca Erickson e a Finlandesa Nokia (O Reino Unido e a Alemanha também estão avaliando essa possibilidade). Mediante a tantas ameaças, a Huawei começou a buscar alternativas de sistemas para seus smartphones e notebooks. Foi nesse momento que a empresa começou a vender suas maquinas com sistema Linux Deepin.  
 
Em sua loja oficial a VMall.com, a gigante chinesa começou a disponibilizar 03 modelos com Deepin sendo o o Huawei MateBook X ProHuawei MateBook 13 e Huawei MateBook 14, e essas maquinas, não vem com tecla Windows como nos demais noteboooks, vindo com um Start no lugar. (Algo que me incomoda muito nos notebooks, só colocando um adesivo para salvar rsrsrs).
 
Apesar das ultimas reuniões entre chineses e norte-americanos que parece ter colocado um fim a guerra comercial, e Donald Trump estar permitindo as empresas voltarem a negociar com a Huawei, a situação desagradável causada abriu novas possibilidades para a empresa chinesa. que se viu obrigada a ter soluções próprias, desenvolvendo inclusive seu próprio sistema para para substituir o Android nos seus smartphones, o HarmonyOS. Espero que apesar dos ânimos se acalmarem, a mesma continue vendendo suas maquinas com Linux, e prossiga no desenvolvimento do sistema baseado no Android, só que independente da Google .
 
Na minha opinião, se uma distribuição Linux receber o marketing certo e através de parcerias conseguir vir de fabrica em um grande numero de maquinas, com alta qualidade, tal distribuição poderia bater de frente por exemplo com o MacOSX da Apple. E o caso da Huawei pode ajudar nesse ponto, sendo uma grande empresa que pode alavancar a disseminação do Linux para os usuários comuns. 

MintBook

Os responsáveis pela distribuição Linux Mint criaram uma parceria com a loja ThinkPenguin e agora disponibilizam computadores e notebooks com seu sistema para  venda segue o Link da Pagina caso tenham interesse em pesquisar pra comprar.
 
Outra empresa que aguardo a venda de notebooks com Linux de fabrica, é a Xiaomi, apesar de não ter encontrado nada a respeito disso nas minhas pesquisas, O Deepin esta ganhando muitos adeptos na China, país na qual a empresa pertence, seria interessante mais uma gigante de Tecnologia embarcando suas maquinas com uma distribuição Linux no mercado.
E você? Acredita que tais empresas podem alavancar a utilização de Linux no mercado mundial? Deixe aqui o seu comentário.
 
FONTE:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s