Otimizando a virtualização com o Virt-Manager no Linux

Através dessa matéria, venho abordar sobre o Virt-manager, uma excelente opção de virtualização para sua distribuição Linux.

Quando falamos em maquinas virtuais, normalmente temos como opções o Virtualbox, Vmware e o Hyper-V da Microsoft. Porém existe uma opção opensource preferida por muitos usuários e profissionais de TI, por segundo eles, ter um aproveitamento maior da capacidade do Hardware na virtualização, desbancando os concorrentes. 

Fedora

1. Para instalar e ter o funcionamento dessa ferramenta no Fedora, você precisa instalar o grupo de virtualização, e pode fazer com os seguintes comandos:

sudo dnf install @virtualization

2. Para que o Virt-manager funcione você precisa ativar o libvirt com esses comandos:

systemctl start libvirtd

3. Você pode ativar o libvirt automaticamente no momento do boot com os comandos abaixo:

systemctl enable libvirt-guests.service

Ubuntu, Mint e derivados

Para instalar no Ubuntu, Linux Mint e derivados, você precisa utilizar os seguintes comandos: 

sudo apt install qemu-kvm libvirt-bin ubuntu-vm-builder bridge-utils

Inicie o serviço ativando o passo 2 e 3 explicado na parte de instalação do Fedora.

E pronto, já pode começar a fazer virtualização de sistemas com essa excelente opção ao Virtualbox e ao Vmware.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s