Iphone 11 desbloqueado pelo FBI, está inserido no Processo de Impeachment de Trump

Após o FBI acusar a Apple de não facilitar o desbloqueio dos iPhones de terroristas, pois a agência queria a criação de um Backdoor, e a empresa se recusou a tanto, pois segundo ela, o mesmo poderia ser explorado também por Hackers. Mas a mesma ofereceu toda ajuda possível dentro do que estava ao seu alcance. Dessa vez o FBI conseguiu um passo importante quanto a esse assunto, e sem a ajuda da Apple.

O FBI conseguiu desbloquear um Iphone 11 Pro Max que pertencia a Lev Parnas, ex-sócio de Rudy Giuliani, advogado de Donald Trump. E isso tem haver com o processo de Impeachment que o presidente norte-americano está enfrentando( que já está no Senado dos EUA). Referente ao caso da barganha quanto a ajuda financeira para a Ucrânia, mediante a uma cooperação para que o país concedesse informações do filho de Joe Bidden, possível candidato a presidência dos EUA nas próximas eleições pelo partido rival.

Pelo dono do parelho não ter fornecido as senhas, (o que está dentro da lei no país) o FBI alegou que precisou de quase dois meses para conseguir o desbloqueio. E tudo indica que o órgão precisou da ajuda da empresa Israelense Cellebrite, que possui uma ferramenta Hacker alegando desbloquear iPhones.

A UFED Premium, se trata de uma ferramenta desenvolvida para autoridades governamentais e polícias do mundo inteiro, para que tais instituições possam utilizar a mesma a fim de solucionar suas investigações.

Esse impasse de colaboração entre o FBI e a Apple, já levou até mesmo o presidente Donald Trump a se pronunciar no Twitter sobre o caso.

“Estamos ajudando a Apple o tempo todo no comércio e em muitos outros problemas, mas eles se recusam a desbloquear telefones usados por assassinos, traficantes de drogas e outros elementos criminosos violentos. Eles terão que dar um passo adiante e ajudar nosso grande país, AGORA! TORNE A AMÉRICA GRANDE NOVAMENTE.”

Por enquanto, a Apple se recusa a criar um Backdoor ou deixar falhas propositais no IOS para facilitar o desbloqueio do mesmo, contudo mas recentemente a Gigante de Cupertino desistiu de criptografar o backups do iCloud de ponta a ponta, ao que tudo indica tal ação foi para não dificultar o trabalho do FBI quanto ás investigações.

O que você acha desse impasse entre a Apple e o FBI, quanto ao sigilo das informações, mesmo quando utilizadas para solucionar crimes? Deixe aqui a sua opinião.

Fontes: Macmagazine, Tecmundo

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s